72 anos de história – Feira de São Cristóvão, um convite à diversão

06/10/2017 1 Por afs
72 anos de história – Feira de São Cristóvão, um convite à diversão

 O Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas – também conhecido como Feira de São Cristóvão ou Feira dos Paraíbas – é considerado o maior e mais importante polo da cultura nordestina no Rio de Janeiro. A sua história começa a se desenhar em setembro de 1945, quando retirantes nordestinos em paus de arara (caminhão), fugindo da dureza do sertão, desembarcavam no Campo de São Cristóvão com o desejo de trabalhar na construção civil. Ali, a confraternização entre os recém-chegados e seus conterrâneos e familiares, tornou-se habitual. O encontro, embalado pela música, temperado com as comidas típicas da região, o animado bate-papo e as pequenas encomendas da terrinha, resultou o que hoje é o tradicional ponto de encontro dos nordestinos no Rio, sendo o seu aniversário de existência comemorado oficialmente todo dia 02 de setembro.


 Em 2003, após 58 anos ao redor do Campo de São Cristóvão, a feira passa ocupar o Pavilhão de São Cristóvão – a joia arquitetônica do arquiteto Sérgio Bernardes – carimbando de vez a sua história na cidade.
 Parabéns, Feira de São Cristóvão!